Notícias
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, texto e atividades ao ar livre

ARGENTINA CANCELA AMISTOSO COM ISRAEL E QUEM PERDE SÃO AS CRIANÇAS DE JERUSALÉM. 

Depois de confirmar seu amistoso com a seleção de Israel no próximo sábado em Jerusalém, a seleção argentina foi massacrada por meia dúzia de militantes palestinos que pregam a destruição de Israel e promovem boicotes a tudo que for relacionado a Israel no mundo.

Fizeram de tudo para sensibilizar os craques argentinos, sobretudo Messi, com cartas de crianças palestinas (muito bem escritas por adultos), queimando camisas da seleção e manchando de sangue.

Obviamente que também rolou ameaças (está escrito na reportagem) e estamos falando de militantes que colocam suas crianças e bebês em protestos violentos, então o que não fariam com jogadores celebridades para conseguir seus objetivos?

Obviamente conseguiram seu intento e a seleção desistiu de jogar em Jerusalém.

O governo israelense também não foi muito inteligente nessa, pois poderia também fazer uma campanha com as crianças árabes, judias e cristãs de Jerusalém pedindo que a seleção não caísse no conto dos terroristas e com isso não tirasse o sonho delas em ver seus ídolos do futebol mundial.

Por que não se boicota Arábia Saudita, Coreia do Norte, Cuba, Venezuela ou Qatar?
Qual o motivo de somente haver boicote ao país dos judeus?

Todos sabemos como o futebol mexe com o coração das pessoas, sobretudo das crianças e adolescentes e por isso que ações egoístas e descaradamente antissemitas como essa são deploráveis, pois vemos claramente que eles não estão preocupados com as crianças, muito menos com a alegria e felicidade de seu povo, mas tão somente com as doações que recebem da comunidade internacional e seu único objetivo que é atacar e deslegitimar Israel.

Em 2014 a Argentina jogou contra o Irã, país que realizou o maior ataque terrorista da história de Buenos Aires mas ninguém protestou. Alem disso, em Israel vivem milhares de argentinos que também não poderão acompanhar sua seleção.

Não seria mais correto e inteligente em vez de pedir o boicote, pedir um amistoso com a seleção da Palestina também? Imagine que lindo seria isso, com suas crianças podendo se aproximar de seus ídolos, tirar uma foto e guardar para sempre esse momento de pura emoção, às vésperas da copa do mundo.

Mas esses governantes estupidos somente olham para o próprio umbigo sujo e esquecem que estão tirando toda alegria e esperança de suas crianças e adolescentes, não só palestinos que vivem em Gaza e Cisjordânia mas também de outros tantos pequenos judeus, muçulmanos e cristãos que nada tem a ver com essa disputa ridícula pelo poder que assola aquele território e seguem as únicas vítimas desse boicote nojento.

Persio Bider
Presidente JJO

Escreva na página deles:https://www.facebook.com/AFASeleccionArgentina/

Com informações de Juventude Judaica Organizada
Venha nos visitar, será muito bem vindo! Nossa Localização